Robô aprende a falar do mesmo modo que uma criança

Robô DeeChee

 

A experiência foi compartilhada com o mundo ontem, 13/06, num estudo publicado pela Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, que a Wiredreproduziu. Um pequeno robô, chamado DeeChee, aprendeu a falar como uma criança, chegando ao ponto de pronunciar nomes de formas simples e também cores. A experiência chama a atenção porque essa é uma das primeiras vezes em que um andróide é “aprende” realmente a falar, em vez de receber essa informação já completa num conjunto de softwares.

O time de cientistas responsável pelo experimento foi liderado por Caroline Lyon, especialista em ciência da computação: “nosso trabalho foi focado nos estágios iniciais do desenvolvimento de uma criança entre 6 e 14 meses de vida, justamente o perído de transição entre os primeiros balbúcios e a formação das primeiras palavras”. Para os cientistas, o formato do robô teve influencia nos professores deles, o que tornou o processo de aprendizado mais eficiente: “aprender depende de interação humana, e o formato do robô despertou reações mais apropriadas nos professores, coisa que não aconteceria se o cientista estivesse olhando para uma tela de computador com a programação”.

A experiência com o robozinho serviu, também, para entender melhor a transição que os humanos fazem entre a fase em que começamos a emitir os primeiros sons e o momento em que começamos a articular palavras. O robozinho não pensa como uma criança. No atual estágio, ele está mais para um papagaio cibernético.

No vídeo abaixo, acompanhe o robozinho falante.

http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/robo-aprende-a-falar-do-mesmo-modo-que-uma-criancahttp://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/robo-aprende-a-falar-do-mesmo-modo-que-uma-crianca

Cbox

Nome:(obrigatório):

E-mail (obrigatório):

Assunto:

Setor:

Mensagem: